sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

I Batalha de Rimas

É isso aí minha gente, aqui eu mando uma rima, foi na cidade vizinha que rolou a Batalha da Rima, muita empolgação e muita adrenalina, foi o Paulo e o Willian que mandaram muito bem na rima, hip hop na veia e muita humildade na rima!



I Batalha de Rimas realizada em Pariquera-Açu, Vale do Ribeira, litoral sul de São Paulo.

* Crédito das fotos e imagens: Paulo Pichi
Edição: Cleber Chiquinho

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Comunidade presente e atuante no Fórum da Agenda 21 de Cananéia

http://www.remaatlantico.org/sul/Members/campolim/noticias/comunidade-presente-e-atuante-no-forum-da-agenda-21-de-cananeia

Realização do I Fórum Participativo para a Construção da Agenda 21 em Cananéia, pelo Coletivo Educador do Lagamar, contou com participação efetiva da comunidade.

Comunidades de diversos bairros da Ilha de Cananéia, do Continente eda Ilha do Cardoso, segundo o educador André Murtinho Ribeiro Chaves, participaram em grande quantidade e com bastante qualidade do I Fórum de Meio Ambiente e Cidadania – Construindo a Agenda 21 do município de Cananéia, realizado no dia 23 de fevereiro, sábado, pelo Coletivo Educador do Lagamar – Núcleo Cananéia, incluindo representantes do IpeC - Instituto de Pesquisas Cananéia, Associação Rede Cananéia e Departamento de Saúde e Saneamento. Segundo André, estes parceiros elaboraram e executaram em 2007, de forma participativa, o Projeto “EmCena... Ação! Educomunicação para Construção da Agenda 21 do município de Cananéia”, com recursos do FNMA - Fundo Nacional de Meio Ambiente, repassados pelo IDESC - Instituto para o Desenvolvimento Sustentável e Cidadania do Vale do Ribeira.

Mais de 80 pessoas passaram pelo Centro Comunitário de Cananéia, local do evento, dentre as quais integrantes das comunidades do Ariri, Marujá, Enseada da Baleia, Santa Maria, Mandira, Rio Branco, PortoCubatão, Itapitangui, Retiro das Caravelas, Centro, Morro São João, Acaraú, Carijo entre outras comunidades, incluindo pescadores e agricultores. “O Fórum da Agenda 21 foi um importante espaço para consolidação das propostas de políticas públicas apresentadas nas Conferências de Meio Ambiente e Cidadania dos bairros, realizadas no Porto, Itapitangui, Ariri e Centro, entre os meses de setembro e novembro de 2007”, afirma André.

No período da manhã houve a apresentação do Projeto “Em Cena... Ação!”através de um vídeo-clipe e do Teatro do Oprimido, uma das técnicas desenvolvidas pelos multiplicadores durante o Projeto para aumentar a participação da população em diversos setores. No período da tarde, o público presente foi dividido em seis grupos de discussão, os quais leram o texto-base das Conferências de bairro, discutiram e elegeram relatores que apresentaram propostas atualizadas e renovadas para a políticas públicas locais. Apesar de ser um Fórum de Meio Ambiente, a perspectiva da Agenda 21 inclui outros setores, como juventude, saúde, saneamento, abastecimento, transporte, energia, turismo, educação, comunicação, esporte, lazer e violência contra a mulher.

Em breve, segundo os organizadores, o documento final será disponibilizado para todos os interessados e, de acordo com eles, toda a população deverá cobrar das autoridades envolvidas que as propostas escolhidas pela população sejam cumpridas. “Por exemplo, foram sugeridas linhas de ônibus regulares entre os bairros do Ariri, Taquari e Porto Cubatão. Também foi colocada novamente a posição contrária da população de Cananéia em relação à Barragem de Tijuco Alto, empreendimento da CBA – Companhia Brasileira de Alumínio/Votorantim que poderá afetar de forma negativa e definitiva apesca na região. Alguns temas mais polêmicos não chegaram a ser resolvidos como os conflitos entre as práticas de agricultura tradicional e agroecológica. Mas a idéia não é definir tudo agora esim buscarmos através do poder público e das parcerias, formas decontinuar um outro Fórum daqui a cinco meses, onde as propostas para a Agenda 21 local estariam mais amadurecidas”, comenta André.

De acordo com os organizadores, apesar da grande participação popular,infelizmente e mais uma vez, o poder público deixou a desejar. Dos mais de 90 convidados dos governos municipal, estadual e federal compareceram apenas: a Diretora de Saúde e Saneamento – Iacy Millone, o coordenador da regional sul da Fundação ITESP - Instituto de Terras do Estado de São Paulo – José Renato Lisboa, o chefe da Área de Proteção Ambiental de Cananéia - Iguape - Peruíbe do Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade/MMA – Eliel Pereira de Souza e o pesquisador do Instituto de Pesca do Estado de São Paulo/APTA – Jocemar Tomasino Mendonça. Além deles, estiveram presentes o Padre da Paróquia de São João Batista - Víctor Hernández e representantes dasmais diversas Associações de bairro. O Departamento de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e o Deputado Estadual Samuel Moreira enviaram representantes. O IDESC, entidade que coordena a Agenda 21 do Vale doRibeira, esteve acompanhando as atividades com Ronaldo Ribeiro e Agane durante todo o dia.

Quem se interessar em conhecer o documento e/ou acompanhar o processo de elaboração do mesmo entre em contato: (13) 3851-3959 oucepalagamar@gmail.com.

----------------------------------------------------------------
Conferência Regional de Meio Ambiente acontece em Iporanga

http://www.remaatlantico.org/sul/Members/campolim/noticias/conferencia-regional-de-meio-ambiente-acontece-em-iporanga

A III Macro-Conferência Regional do Meio Ambiente no Vale do Ribeira ocorrerá em Iporanga, no dia 28 de fevereiro, quinta-feira, a partirdas 9h00, na Quadra de Esportes da cidade. Segundo o educador André Murtinho Ribeiro Chaves, esta Conferência discutirá as questões sociais e ambientais do Vale do Ribeira, além de eleger delegados para a III Conferência Estadual de Meio Ambiente, que acontecerá na UNIMEP em Piracicaba, entre os dias 28 e 30 de março, sob responsabilidade do IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis, superintendência São Paulo e da Secretaria de MeioAmbiente do Estado de São Paulo. Estas Conferências fazem parte do processo da III Conferência Nacional de Meio Ambiente, que acontece no mês de maio, em Brasília. Em Cananéia, o processo está bem adiantado. O documento produzido no Fórum de Meio Ambiente e Cidadania –Construindo a Agenda 21 do município de Cananéia será a base para as propostas de nossa cidade a serem defendidas nesta Conferência Regional de Meio Ambiente do Vale do Ribeira.

Colaborador: André Murtinho (Pai do Pileque)

Boletim Brasil Memória em Rede - Edição Fevereiro / 2008

Vídeo-documentário retrata a cultura caiçara de Cananéia - SP
O Projeto “Saberes Caiçaras: comunicação comunitária para valorização da cultura caiçara de Cananéia” teve início no começo de janeiro de 2008 e até o final de agosto resultará num vídeo-documentário inspirado no livro “Saberes Caiçaras: a cultura caiçara na história de Cananéia”. Ambos projetos foram contemplados por editais do PAC – Programa de Ação Cultura da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e serão executados por uma rede de parceiros, entre eles o Coletivo Jovem Caiçara, a Sala Verde Cananéia, o Ponto de Cultura “Caiçaras” e a Rede Cananéia.
A proposta deste projeto é identificar e discutir questões polêmicas sobre a cultura caiçara através do diálogo entre gerações e fomentar que jovens se empoderem deste meio de comunicação para planejar, produzir e disseminar suas idéias e aspirações. Para isso, algumas capacitações na área de educomunicação, história oral e produção de vídeo-documentários serão oferecidas para um grupo de 20 jovens, responsáveis pela execução do projeto, além de toda a vivência que eles terão durante os próximos seis meses.
Quem tiver interesse em conhecer, acompanhar ou participar do projeto entre em contato pelo telefone: (13)9114-0749 ou e-mail:
cleberbio@yahoo.com.br
.
Cléber Rocha Chiquinho – Rede Cananéia - cleberbio@yahoo.com.br

Fonte: Brasil Memória em Rede

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

E a brincadeira de ontem ....


Ontem a brincadeira rolou, mas São Pedro não colaborou muito e acabamos de baixo de chuva!!! O eclipse ficou somente no pensamento ...

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Eclipse com brincadeira!!!

Olá amigos!

Como nossa mãe natureza é tão bela e tudo é motivo para comemorar.... então vamos comemorar mais um eclipse lunar.

A brincadeira vai começar lá pelas 21h na Av. Beira Mar: batida de tambores, fandango, forró de rabeca, ciranda, rango coletivo, travessia de balsa e muito mais...

Venha compartilhar esse momento....


inté


ECLIPSE LUNAR

Nesta quarta feira 20/02 teremos um eclipse lunar e não será um daqueles parciais que nos deixam com gostinho de quero mais na boca. Este será um total, bem de "frente" para as Américas. Como assim?

Um eclipse lunar ocorre quando a Lua atravessa a sombra da Terra. Assim o Sol, a Terra e a Lua formam uma reta. Por causa das diferenças entres as inclinações das órbitas da Terra e da Lua é difícil ter um alinhamento perfeito. Esta é a principal razão para não termos um eclipse lunar toda Lua Cheia, ou um eclipse solar toda Lua Nova.

Agora, o alinhamento é quase perfeito e melhor, ele deve ocorrer quando a Lua estiver bem alta para quem estiver nas longitudes das Américas.

Um eclipse lunar total tem duas fases: a penumbral (ou parcial) e a fase de totalidade. Na primeira a Lua passa pela parte mais externa da sombra da Terra, a penumbra. Por vezes é difícil de notar, mas conforme ela vai caminhando pela penumbra, vai perdendo brilho. A fase total começa quando a Lua adentra totalmente na parte mais escura da sombra da Terra, a umbra.

Durante a fase da totalidade acontece um fato interessante. Apesar de estar na escuridão da sombra da Terra, a Lua ainda é iluminada pela luz que é espalhada por nossa atmosfera. Assim, um eclipse total pode ser mais escuro do que outro, dependendo de alguns fatores.

O astrônomo André-Louis Danjon criou uma escala para classificar o brilho um eclipse que vai de 0 a 4 assim:

0: eclipse muito escuro. A Lua quase não é visível durante a totalidade.
1: eclipse muito escuro e a Lua adquire um tom acinzentado, ou quase marrom.
2: a Lua se torna vermelha. O centro da sombra é muito escuro, mas suas bordas são mais claras.
3: a Lua adquire uma cor de tijolo e a sombra tem borda brilhante amarelada.
4: a Lua fica muito brilhante durante a totalidade com uma cor alaranjada. A borda
da sombra também é brilhante chegando a um tom azulado.

Esse índice é bastante subjetivo, mas dá uma boa noção da "profundidade" do eclipse. Outra coisa interessante é que ele dá indícios de como atmosfera está suja. Como a luz que atinge a Lua foi espalhada pela atmosfera da Terra ela carrega informações sobre sua composição. Particulados em suspensão em nossa atmosfera favorecem a absorção da parte azul da luz deixando-a avermelhada. Por isso o Sol é mais vermelho quando está próximo do horizonte, principalmente à tarde. O índice Danjon, que é baseado na cor da Lua durante o eclipse, indica também se nossa atmosfera está mais ou menos carregada de partículas em suspensão. Essas partículas vêm da poluição provocada pelo homem, mas também da poluição natural. Os vulcões são grandes fontes de partículas que atingem facilmente a alta atmosfera e lá ficam por anos!

Mas vamos ao que interessa, qual o horário do eclipse? A tabela abaixo indica os momentos do eclipse no horário de Brasília (lembre que o horário de verão já acabou!).

1) Entrada da Lua na penumbra: 20/02 - 21h35
2) Entrada da Lua na umbra: 20/02 - 22h43
3) Lua totalmente imersa na umbra (início da totalidade): 21/02 - 00h01
4) Meio do eclipse: 21/02- 00h26
5) Início da saída da umbra (fim da totalidade): 21/02 - 00h51
6) Saída total da umbra: 21/02 - 02h09
7) Saída total da penumbra: 21/02 - 03h17

O eclipse terá uma duração de 51 minutos, ou seja, a Lua permanecerá quase uma hora na parte mais escura da sombra da Terra. Para observar você só precisa de um local aberto que possa avistar a Lua. Com uma luneta, ou telescópio mesmo pequeno é possível ver a sombra da Terra caminhando e cobrindo as crateras e montanhas da superfície lunar. Agora é só torcer para são Pedro colaborar!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Convite... COLETIVO EDUCADOR DO LAGAMAR - NÚCLEO CANANÉIA

Cananéia construindo sua Agenda 21 - Fórum de Meio Ambiente e Cidadania: 23 de Fevereiro

É com imenso prazer que convidamos VOCÊ a participar do I Fórum
Participativo para Construção da Agenda 21 do Município de Cananéia,
que acontecerá no dia 23 de fevereiro de 2008, das 09h00 às 17h00, no
Centro Comunitário de Cananéia, SP.

Este Fórum Municipal da Agenda 21 se refere ao encerramento do projeto
“Em Cena... Ação! Educomunicação para a construção da Agenda 21 do
município de Cananéia” executado pelo Coletivo Educador Ambiental do
Lagamar.

Durante 4 meses o município de Cananéia, discutiu e elaborou propostas
de forma participativa, visando a melhoria social e ambiental da
cidade, através das escolas, associações e comunidade em geral. O
Fórum Municipal da Agenda 21 é um momento essencial para a
apresentação, discussão e encaminhamento destas propostas, além de ser
um passo importante para a elaboração da Agenda 21 Local.

É neste contexto que ressaltamos a importância de sua participação e
das principais instituições que elaboram, acompanham e executam
políticas públicas de meio ambiente, educação ambiental, economia
solidária e cultura popular do Brasil, do estado de São Paulo e da
cidade de Cananéia.


O PROJETO

Dentro do atual contexto social, econômico e ambiental de nossas
cidades, torna-se urgente a elaboração de políticas públicas que
facilitem a convivência harmoniosa - mesmo que conflituante - entre as
pessoas. Neste ínterim, é necessária a discussão e a elaboração da
Agenda 21 Municipal, contextualizada regional, nacional e globalmente.

O Vale do Ribeira é uma região de extrema riqueza social, cultural e
ambiental e já apresenta um Plano de Desenvolvimento Territorial bem
avançado, a Agenda 21 do Vale do Ribeira, com a participação de
delegados de 32 municípios. Há cerca de 2 anos, Cananéia também vem
preparando a sua própria Agenda Municipal. Nos últimos meses, com
recursos do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) repassados através
do IDESC (Instituto para o Desenvolvimento Sustentável do Vale do
Ribeira) para o Instituto de Pesquisas Cananéia, o Coletivo Educador
do Lagamar vêm executando o projeto “Em Cena... Ação! Educomunicação
para a construção da Agenda 21 do Município de Cananéia”. Não é o
começo nem o fim deste processo, é apenas um novo caminho que estamos
trilhando.

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Reciclagem de Pilhas e Baterias...

Olá amigos, já é possível recilclar pilhas e baterias que antes eram jogados no lixo!

Por iniciativa a Rede Cananéia estará recolhendo a partir de agora pilhas e batiras para um descarte adequado.

Avisem vizinhos, amigos e seus coletivos!!!

inté!