quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Olha o Dandão ...

João Firmino Dias nasceu em Cananéia, em 1941, filho de Hermínio Dias dos Reis e Emília Cunha das Neves. É pescador aposentado. A rabeca foi o primeiro instrumento que aprendeu, aos doze anos. Hoje toca em uma rabeca feita por ele mesmo. Seu João Firmino também toca cavaquinho, viola e violão. É artesão e também professor de rabeca do projeto Resgatando o Fandango Caiçara, rabequeiro do grupo de fandango Caiçaras de Cananéia e do Grupo de Batido São Gonçalo.

Foi um homem chamado Ângelo Alves. Ele pescava com meu pai e tocava rabeca e eu fui guardando aquilo na cabeça. Mas demorei para aprender, não é um instrumento fácil não. Quando eu fui ter gosto mesmo em tocar, eu tava com uns vinte anos. Demora. Ele tocava bem rabeca, mas ele mesmo falava que ele me ensinou a tocar rabeca e, depois de um tempo, eu já ensinava pra ele. Ele cansava de falar para nós. E ele o melhor tocador de rabeca lá de Taquari. (João Firmino)

Registro: Projeto Resgatando o Fandango Caiçara
video