segunda-feira, 1 de outubro de 2007

E mais uma...

Grande história! E só podia ser na terra onde começaram as criações de sacis...

Pois, a minha é um tanto diferente! É bem verdade que desde menino eu via sacis vez ou outra na minha frente... Mas ai a gente ai crescendo e todos dizem que saci não existe e que vc deve ser louco em afirmar que os conhece e que quem existe de verdade é o papai noel e o coelhinho da páscoa... e de tanto ouvir esqueci do pequeno negrinho da carapuça vermelha!

Pois bem, passado o tempo suficiente pra eu acordar e descobrir um mundo longe das “coisas da cidade”, eis que numa dessas andanças pelos cantos da vida me deparei não com um, mas com alguns sacis na terra sagrada de Aiuruoca, nas Minas Gerais. Mente e corpo abertos descobri que tudo aquilo era verdade e rebuscando alguns instantes da vida percebi que mais sacis tinham cruzado meus caminhos...

Hoje, interessado nesse e noutros seres, me tornei um dos primeiros criadores de sacis de nossa cidade! E quem duvidar vai ter com eles alguns momentos inusitados dia desses...

E viva os sacis de Cananéia!

Essa é do Fer...